Archive for the ‘Internacional’ Category

Impostos começam a subir no ano eleitoral! Coincidência?

28/12/2013

consumo-brasileiro

Está em todos os jornais, deste ontem: Governo eleva IOF de gastos de turistas no exterior. Era assim: quem fazia compras com o cartão de crédito fora do Brasil pagava mais de 6% de “Imposto sobre Operações Financeiras”. Isso fazia com que muitos brasileiros procurassem alternativas para gastar em suas viagens e pagar menos impostos. A mais comum eram os cartões de débito pré-pagos, ou seja, a pessoa abastecia o cartão com o valor que ela poderia gastar lá fora e, ao mesmo tempo em que controlava os gastos, fugia do imposto.

Todo mundo sabe que os gastos dos brasileiros no exterior têm sido sucessivamente superados. De acordo com o Banco Central, as despesas no exterior somaram US$ 23,125 bilhões nos onze primeiros meses deste ano. Sobre o mesmo período do ano passado (US$ 20,244 bilhões), houve um aumento de 14,2%. E se somarmos com anos anteriores, o aumento é ainda maior.

Pois bem, desde hoje, 28 de dezembro de 2013, isso mudou. O governo brasileiro, completamente falido e não vendo mais nenhuma alternativa de onde tirar dinheiro da população, resolveu taxar também essa transação no exterior os cartões de débito e nos cheques de viagem (traveller checks). Agora, toda e qualquer transação no exterior paga o mesmo imposto. Segundo o governo, o objetivo é evitar “que um meio de pagamento seja preterido por outros em decorrência de sua estrutura de tributação”.

Fez-me lembrar do filme da Branca de Neve, quando a rainha má queria dar um jantar e, com o reino falido, resolveu cobrar mais imposto da população já empobrecida para bancar a sua festa cheia de pompa e elegância. A arte imita a vida, ou a vida imita a arte, sei lá, mas o fato é que a rainha má brasileira juntou a sua “brilhante” equipe de economistas (encabeçada por aquilo que usamos para untar formas na hora de assar um bolo) e, não tendo mais dinheiro para bancar a sua campanha presidencial que se aproxima, sobrou mais uma vez para o lombo do povo.

Incontáveis outras ações poderiam ser tomadas para aumentar a arrecadação do governo brasileiro. Vou citar apenas uma, para não “pegar mal” para as “cabeças pensantes” do governo: diminuir os impostos dos produtos importados. Com o imposto menor, os preços na prateleira cairiam, o brasileiro gastaria muito mais o seu dinheiro dentro do país e o governo não precisaria se preocupar com o dinheiro que sai daqui. E isso ajudaria também a indústria nacional, já que mais da metade dos insumos usados nos produtos nacionais são importados, ou seja, eles ficariam mais baratos no preço final também. Ninguém deve ter pensado nessa ideia brilhante…

Mas eu sou um leigo, não entendo nada de economia. Eles que estão lá no Ministério devem entender muito mais do que eu, né!

E a oposição? Nada? Vai esperar passar as festas de fim de ano? Ah tá!

Anúncios

Quem será o campeão do mundo de futebol???

07/06/2010

Amigos, é impossível falar de outro assunto nesta semana, neste mês, que não seja a Copa do Mundo de futebol, que começa nesta sexta-feira, dia 11. As ruas, as pessoas, os comércios, as casas… Todos já entraram no clima da competição futebolística mais importante do mundo. Passadas as convocações e os amistosos preparatórios de quase todas as seleções, vou colocar minha impressão sobre a competição.

Pelo que vejo das equipes que estão na África do Sul, esta Copa do Mundo será uma das menos empolgantes que já vi… Menos até do que a marrenta Copa de 90. A começar pela Seleção Brasileira, tão criticada e questionada antes mesmo de sair do Brasil. Apesar de não gostar do estilo de jogo do técnico Dunga, ele vem tendo um retrospecto invejável à frente da nossa Seleção, melhor até que muitos treinadores que ficaram marcados na história do futebol brasileiro. Mesmo assim, sinto falta de alguns jogadores brasileiros e alguns que estão lá não deveriam ter ido.

Mas o que tenho percebido é que muitas outras seleções não estão mostrando aquele futebol de “encher os olhos”. A Argentina, de Maradona, chegou à Copa aos trancos e barrancos. A França, há tempos, não é mais aquela. A Inglaterra também não vem mostrando um bom futebol e os jogadores não se mostram unidos. A Alemanha é sempre a mesma, joga mais com a camisa do que com os jogadores. A Holanda pode até surpreender, mas ainda não mostrou como vai fazer isso. A Itália é outra seleção que se escora nas quatro estrelinhas e nem de longe é a mesma da Copa passada. A Espanha, além de ter a fama de sempre “morrer na praia”, ainda passa pela tal da crise econômica. Portugal, ultimamente, mais fala do que faz.

Claro que temos seleções que sempre surpreendem, como os Africanos dos Camarões, Nigéria, Gana e a África do Sul (donos da casa), os Europeus que merecem respeito (Grécia, Eslováquia e Dinamarca) e os Latino-Americanos que jogam muitos mais com a raça do que com técnica (Uruguai, México e Paraguai). Mas não vão passar de surpresas.

Não ficarei surpreso se tivermos uma enxurrada de 0 a 0 ou se as semifinais e a final forem decididas nos pênaltis. Atualmente, não apenas no futebol, os países estão com muito mais medo de perder e preferem se defender que se arriscar no ataque e tentar vencer o jogo. E o time que resolver fazer um pouquinho a mais que os outros, pouca coisa que seja, já será considerado um fenômeno, uma máquina, um time imbatível, “joga 10″…

Acostume-se! É assim no futebol moderno!

Abração!

O que há por trás da gripe suína???

15/08/2009

Olá!

Nesta sexta-feira, a equipe de produção do jornalismo da ALLTV, onde apresento o Notícias Online, nos apresentou um vídeo sobre a verdadeira história da gripe suína, essa “pandemia” que vem causando pânico no mundo.

Este vídeo é extremanente exclarecedor e faz pensar, e muito, em tudo que está acontecendo no mundo.

Reflita.

Abração!